UFSC, Florianópolis/Brasil
+55 (48) 3721-6403
ngdldu.cce@contato.ufsc.br

PROJETOS CONCLUÍDOS

[Extensão] Saúde e produtividade na produção de pequenos produtores: ferramentas para a extração de mandioca e desconche de mexilhões
2013 – 2014

O projeto de extensão Saúde e produtividade na produção de pequenos produtores: ferramentas para a extração de mandioca e desconche de mexilhões, nasceu da necessidade dos proponentes em compreender a realidade na forma de produção de pequenos grupos produtivos, seu processo de produção e principalmente a oportunidade de minimizar os efeitos nocivos à saude dos trabalhadores nas atividades manuais.

Financiador: FAPESC – Auxílio financeiro.

[Pesquisa] Valorização da produção e de produtos design e usabilidade focados na inovação de ferramentas manuais, nas mesorregiões sul catarinense e grande Florianópolis
2012 – 2015

Esta pesquisa teve como foco o desenvolvimento de projetos ergonômicos de ferramentas manuais, especificamente junto ao arranque manual de raízes de mandioca (agricultura) e ao desconche manual de mexilhões (maricultura). A pesquisa foi desenvolvida com o apoio da EPAGRI, que serviu de facilitador para realização das pesquisas de campo, tanto na agricultura, quanto na maricultura.

Financiador: Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (FAPESC) – Auxílio financeiro.

[Pesquisa] Estudo Ergonômico no ambiente de trabalho em escritório
2012 – 2013

Diagnóstico do ambiente de trabalho, usabilidade, saúde e produtividade na atividade de serviços.

[Pesquisa] Design e usabilidade: bases para o desenvolvimento de produtos
2011 – 2014

O alinhamento das contribuições do Design, da Ergonomia e da Usabilidade vem a facilitar a avaliação de novos produtos/serviços, assim como dos já existentes possibilitando alternativas para seu re-projeto. Desta forma, a qualificação do principal problema a ser abordado pela presente proposta objetiva associar o Design e a Usabilidade, sob o escopo ergonômico na avaliação e desenvolvimento de produtos/serviços, como forma de soluções eficientes, eficazes e satisfatórias assim como propostas adequadas de solução conforme necessidades do usuário. Ademais, a proposta busca incorporar e considerar os aspectos de competitividade, diferenciação e sustentabilidade presentes em todo projeto de forma a alavancar sua importância no mercado.

Financiadores: CNPq – Bolsa / UFSC – Bolsa / CAPES – Bolsa.

[Extensão] Valorização e proteção da produção de pequenos produtores: cooperativas em Santa Catarina
2011 – 2012

O design pode ser usado como estratégia de negócios para diversos grupos produtivos. Nestes grupos, o sucesso e o fracasso podem estar relacionados à presença, ação e incorporação de diversos atores. Neste contexto este projeto poderia ser percebido como uma estratégia indissociável da Diferenciação, da Competitividade e da Sustentabilidade e que precisa ser gerenciado. Partindo desta premissa o objetivo deste projeto de extensão é valorizar e proteger a produção de pequenos produtores de Santa Catarina, que apresentam características familiares, com produtos de boa qualidade, mas no aspecto identificação e embalagem apresentam fragilidades, que no momento da comercialização se fazem evidentes, comprometendo seu desempenho comercial. Somado a isto, estes produtores precisam considerar os aspectos de proteção, seja de suas marcas e dos seus próprios produtos.

Financiadores: UFSC – Bolsa / SEBRAE – Auxílio financeiro.

[Extensão] Identificação e promoção de entidades comunitárias da Grande Florianópolis: ação OAB cidadã – UFSC
2011 – 2012

O objetivo geral deste projeto de extensão é desenvolver estratégias e materiais de identificação e de comunicação para Entidades Comunitárias, entendidas como organizações sem fins lucrativos e com fins sociais, por meio do aporte do Design social. Atualmente a OAB cidadã atende 63 entidades comunitárias. Neste sentido o projeto de extensão proposto divide suas ações em 02 módulos: Diagnóstico e Desenvolvimento. No primeiro será realizado um levantamento de todas as entidades e respectivas identificações, e em conjunto com a OAB cidadã escolhidas as entidades que serão atendidas. Espera-se com este projeto atender 05 entidades por semestre. Dentre as estratégias e materiais a serem desenvolvidos por este projeto, estão: a criação de identidade visual e suas aplicações; website; vinheta/vídeo institucional, dentre outros materiais gráficos. Ainda, com este projeto, espera-se obter uma ampliação da promoção e divulgação tanto das entidades, quanto das ações por elas desenvolvidas, tendo em vista a incorporação destas Entidades Comunitárias numa realidade social aplicada, contribuindo com ações para a sustentabilidade.

Financiadores: Ordem dos Advogados do Brasil de Santa Catarina – Cooperação / UFSC – Bolsa.

[Pesquisa] Inovação de Produtos e Serviços aplicados a indústria – cooperação Tecnológica
2010 – 2012

Objetiva-se atuar na cooperação tecnológica junto a empresas, no desenvolvimento de produtos e serviços inovadores, visando à melhoria da competitividade, diferenciação e sustentabilidade. Este projeto é realizado em parceria entre o Programa de Pós-Graduação em Design, o Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, o Laboratório de Ergonomia (PPGEP), Laboratório de design e Usabilidade (PPGDEG) e Núcleo de Gestão de Design (EGR).

Financiador: Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Florianópolis (SEBRAE) – Cooperação.

[Pesquisa] A gestão de design e seu impacto no desenvolvimento de projetos (diferenciação + competitividade + sustentabilidade)
2010 – 2011

O objetivo geral deste projeto é melhorar a competitividade dos produtos através da Gestão de Design, especificamente no desenvolvimento das embalagens/rótulos para produtos da agricultura familiar e verificar impacto na agregação de valor ao produto. Visando a inovação dos produtos e atentando a sua identificação de origem como forma de reconhecer e valorizar as regiões produtoras, incorporando nas suas embalagens informações claras e objetivas que possibilitem este fim e contribuam de forma efetiva a seu desenvolvimento e comercialização.

Financiadores: CAPES – Bolsa / UFSC – Bolsa / CNPq – Bolsa.

[Pesquisa] Projeto internacional de pesquisa: valorização da produção de grupos produtivos de pequeno porte vinculados a sua origem, com base na competitividade, diferenciação e sustentabilidade
2008 – 2011

Este projeto tem como objetivo geral formular uma proposta de uma nova figura de proteção de produtos vinculada com sua origem em países da América do sul (delimitado ao Brasil/Peru/Venezuela), sem uma cultura nos aspectos de Denominação de Origem, nem Identificação Geográfica respeitando e considerando os pequenos grupos produtivos, com características familiares.

Financiadores: CNPq – Auxílio financeiro / CAPES – Bolsa / FAPESC – Auxílio financeiro / UFSC – Bolsa.

[Extensão] Design Social Aplicado: Grupo Semeando da Casa dos Girassóis
2008 – 2009
[Extensão] Design Social Aplicado: Conselho Comunitário do Ribeirão da Ilha e AMPROSUL
2008 – 2009
[Pesquisa] Valorização de produtos – Diferenciação, Competitividade e Sustentabilidade através do design – DCS+d aplicada a embalagens
2007 – 2010
[Pesquisa] Integração, inovação e informação
2007 – 2008
[Pesquisa] Da concepção à contextualização: validação do Guia Metodológico para o Desenvolvimento de Embalagens aplicado ao agro design de SC
2007 – 2008
[Pesquisa] Design e processo de concepção: guia metodológico para o desenvolvimento de embalagens
2006 – 2007

Proposta de desenvolvimento de procedimentos para serem utilizados no desenvolvimento de projetos de embalagens.

Financiador: UFSC – Bolsa.

[Pesquisa] A contribuição do design ao vídeo: do conceito ao produto
2006 – 2008

Teoria e prática do vídeo.

Financiador: UFSC – Bolsa.

[Pesquisa] Gestão de Design: Desenvolvimento da informação sobre a ótica estratégica de integração ensino-mercado
2005 – 2006

O objetivo geral deste Projeto de Pesquisa é evidenciar a importância da Gestão de Design, na formação profissional dos Designers, através da formalização, explicitação de informações e pesquisas vinculando a academia-mercado-profissionais. Os objetivos específicos deste projeto dizem respeito a: -Levantar consistentemente o significado do termo Gestão de design e sua relação com as variáveis informacionais, de cunho visual; -Evidenciar os pontos comuns à integração Universidade-Mercado através do design; -Identificar as variáveis que influenciam a Gestão de Design no ensino; -Identificar as variáveis que influenciam a Gestão de design no mercado; -Identificar e analisar metodologias utilizadas pela Gestão de Design, buscando no infodesign consistência e argumentos suficientes para tornar a informação eficiente e eficaz; -Levantar as principais ações (locais, regionais, estaduais, nacionais e internacionais) quanto a Gestão de design; -Formatar estratégias de integração entre as atividades acadêmicas e o mercado. Neste sentido tem-se por metas deste projeto, a integração sistemática entre os diferentes setores do mercado e o Design, tanto na formação (universidades), quanto na profissão. Ao final desta pesquisa espera-se obter como produto final um material cientifico que permita o entendimento da Gestão de Design, tanto no âmbito acadêmico, quanto do próprio mercado, para o qual serão tomadas todas as providencias necessárias para que o mesmo não se torne um material muito cientifico nem muito prático. A divulgação do mesmo será inicialmente através de meio digital e dependendo dos recursos também por meio impresso. Estes produtos vêm ao encontro de uma necessidade evidenciada, que diz respeito à carência de material nesta área. Consideramos ainda importante mencionar que o Governo Federal vem incentivando a área de Design, colocando a mesma como ponto importante para o desenvolvimento, no que diz respeito à inovação e competitividade.

Financiador: Bolsa de Iniciação Científica – Bolsa.

[Pesquisa] Interfaces para elementos dinâmicos: o Design Gráfico aplicado na mídia DVD
2005 – 2006

A área de vídeo digital tem despertado especial interesse em diversas áreas do conhecimento, sendo uma delas o design. Neste sentido observa-se que estes profissionais vêm contribuindo significativamente neste setor e um dos objetos tem sido o desenvolvimento das interfaces gráficas aplicadas a elementos dinâmicos, que neste caso refere-se aos vídeos digitais. Atualmente, percebe-se uma área em crescimento no mercado brasileiro: o DVD – Digital Versatile Disk. A mídia televisiva – mais especificamente o Vídeo Digital – que vem sendo estudado e desenvolvido no Núcleo de Gestão de Design do Departamento de Expressão Gráfica, nos últimos anos, tendo produzido vários vídeos e publicado seus resultados em diversos meios, tanto científicos (congressos, seminários) quanto populares (televisão). Estes resultados tem permitido verificar que a mídia DVD é um meio de comunicação cuja principal riqueza concentra-se no dinamismo de seus elementos visuais, e acaba por exigir de seus profissionais o pleno domínio dessa característica. No caso especifico da mídia DVD ainda tem-se uma característica mais interessante, pois este pode ser lido de maneira não-linear, ao momento em que se tem à escolha de trechos do filme automaticamente, e ainda dispõe de uma interface de relacionamento com o usuário. Dessa forma, para que o designer gráfico possa responder a estas exigências, faz-se necessário um complemento dos conceitos adquiridos ao longo de sua formação, criando subsídios à concepção de projetos gráficos que apresentem elementos dinâmicos. Além dos aspectos conceituais que tangem a formação nos cursos de Design Gráfico – dentre eles o curso de Design com Habilitação em Design Gráfico da Universidade Federal de Santa Catarina – o presente projeto busca promover o conhecimento teórico/técnico referente à mídia DVD, tratando de seus processos e equipamentos.

Financiador: Bolsa de Iniciação Científica – Bolsa.

[Pesquisa] Design e elementos dinâmicos: o Design Gráfico aplicado na mídia DVD
2005 – 2006

Nesse sentido, o projeto visa possibilitar o contato acadêmico e experimental com projetos gráficos para mídia DVD, contando ainda com a importante missão de germinar entre os alunos da graduação o interesse pelo meio, revelando uma área de atuação rica e pouco explorada.

Financiador: UFSC – Bolsa.

[Extensão] AGRODESIGN: O design e sua contribuição na melhoria da apresentação dos produtos da agricultura familiar – o caso prove
2005

O design gráfico é a área de conhecimento e a prática profissional especifica que tratam da organização formal de elementos visuais – tanto textuais quanto não-textuais – que compõem peças gráficas feitas para reprodução, que são reproduzíveis e que têm um objetivo expressamente comunicacional. Portanto o design gráfico tem por definição, o intuito de comunicar, passar uma informação ao público, seja ela obrigatória ou não. No caso de embalagens, existe a necessidade de informar ao consumidor informações básicas e obrigatórias, como data de fabricação, validade, tabela nutricional e outras que venham a ser importantes para o uso do produto. Além disso, passar informações que levem o produto a se destacar em seu ponto de venda, e que venham a ajudar os seus produtores numa melhor visualização do mesmo na prateleira. Sabendo dessa potencialidade do design gráfico como um todo, o trabalho da valorização dos produtos da agricultura familiar através do design gráfico visa à melhoria das embalagens dos produtos, fazendo uma rotulagem mais adequada e funcional para os produtores e que passe mais segurança e confiabilidade ao consumidor. Com todo esse aparato prático e teórico, o projeto desenvolvido foi o de criar uma alternativa viável para a cooperativa PROVE, que engloba vários produtores da agricultura familiar em Blumenau-SC confeccionar rótulos que não só embelezem o produto, mas que ajudem a passar todas as informações necessárias para o mesmo competir igualmente com produtos de fábricas maiores, porém sem comprometer a capacidade de investimento dos agricultores.

Financiador: Departamento de Apoio à Extensão – Bolsa.

[Pesquisa] Design em movimento – etapa III
2003 – 2004

Desenvolvimento e pesquisa da contribuição do design gráfico na produção de videos digitais, tendo como contribuição a experimentação de alunos de graduação com novas tecnologias e abertura de novas áreas de atuação.

Financiador: CNPq – Bolsa.

[Pesquisa] A internet como apoio para disponibilizar material via rede – etapa IV
2003 – 2004

Pesquisa e desenvolvimento na área de usabilidade de interfaces gráficas digitais aplicadas à internet.

Financiador: CNPq – Bolsa.

[Pesquisa] Design em movimento – etapa II
2002 – 2003

Desenvolvimento e pesquisa da contribuição do design gráfico na produção de videos digitais, tendo como contribuição a experimentação de alunos de graduação com novas tecnologias e abertura de novas áreas de atuação.

Financiador: CNPq – Bolsa.

[Pesquisa] A internet como apoio para disponibilizar material via rede – etapa III
2002 – 2003

Pesquisa e desenvolvimento na área de usabilidade de interfaces gráficas digitais aplicadas à internet.

Financiador: CNPq – Bolsa.

[Pesquisa] Design em movimento – etapa I
2001 – 2002

Pesquisa e desenvolvimento na área design gráfico aplicado ao vídeo digital.

Financiador: CNPq – Bolsa.

[Pesquisa] A internet como apoio para disponibilizar material via rede – etapa II
2001 – 2002

Pesquisa e desenvolvimento na área de usabilidade de interfaces gráficas digitais aplicadas à internet.

Financiador: CNPq – Bolsa.

[Pesquisa] A internet como apoio para disponibilizar material via rede – etapa I
2001 – 2002

Pesquisa e desenvolvimento na area de usabilidade de interfaces graficas digitais aplicadas a internet.

Financiador: CNPq – Bolsa.